Blog

O que você precisa saber sobre o xilitol

By In
xylitol, xilitol
Xilitol, um veneno para cães

A Food and Drug Administration (FDA), órgão do governo dos Estados Unidos que tem a função de controlar os alimentos e medicamentos, emitiu recentemente uma advertência sobre o xilitol, um substituto do açúcar que é encontrado em muitos itens domésticos. Enquanto o adoçante é perfeitamente bom para consumo humano, pode causar a morte em cães em menos de uma hora. É encontrado em itens como balas de menta, produtos de panificação, xarope para tosse, vitaminas, enxaguatório bucal, pasta de dente, suplementos dietéticos, chicletes sem açúcar e até mesmo certos tipos de manteiga de amendoim, um deleite favorito para cães.
 


Artigo:

Paws Off Xylitol; It’s Dangerous for Dogs

This sugar substitute, found in some human foods and dental products, can be poisonous to your dog.

Patas longe de Xilitol – É perigoso para cães
Este substituto do açúcar, encontrado em alguns alimentos e produtos odontológicos humanos, pode ser venenoso para o seu cão.”



O xilitol afeta as pessoas de forma diferente do que os cães porque, em humanos, não estimula a liberação de insulina do pâncreas. Quando um canino consome xilitol, sua corrente sanguínea absorve rapidamente o adoçante, o que pode resultar em uma alta quantidade de insulina sendo liberada do pâncreas. Demasiada insulina pode causar hipoglicemia, uma diminuição no açúcar no sangue que pode ser fatal.
 
Os cães podem comer xilitol entrando em lugares que não deveriam, como uma bolsa que contém goma de mascar. Os sintomas do envenenamento por xilitol incluem vômitos, fraqueza, diminuição da atividade, desconcentração, incoordenação, colapso e convulsões. Um cão que tenha comido xilitol deve ser levado ao veterinário imediatamente, onde provavelmente será monitorado após o tratamento. Em alguns casos, os efeitos nocivos podem não ser aparentes por 12 a 24 horas.
 
Para os gatos, o xilitol não parece resultar nos mesmos efeitos nocivos – ajuda os gatos a não gostarem de itens doces e não consomem grande parte deles. No entanto, para furões, o xilitol pode resultar em hipoglicemia mortal.


 Xilitol pode ser fatal para cães

A FDA recomenda que os pais de animais de estimação evitem o envenenamento por xilitol em cães, garantindo que quaisquer itens contendo xilitol sejam mantidos fora do alcance de seus caninos. Eles também devem usar apenas creme dental para animais de estimação – em vez de creme dental humano – para escovar os dentes de seus cães. Alimentos humanos que podem funcionar como petiscos saborosos devem ter seus ingredientes revisados ​​cuidadosamente antes de serem dados a um animal de estimação. Ao tomar essas medidas, os pais de pets podem ajudar a garantir a saúde e a segurança de seus filhotes.


Os animais de companhia estão cada vez mais próximos de seus donos e por este motivo acabam compartilhando de forma errônea a mesma alimentação. Várias substâncias são capazes de causar intoxicações ou envenenamentos nos cães e gatos, sendo que muitas delas estão presentes nos alimentos para consumo humano. Alguns alimentos que são comestíveis para os seres humanos e até mesmo para outras espécies animais podem representar riscos para cães e gatos devido às diferentes vias metabólicas, além das quantidades e concentrações consumidas. As intoxicações nos animais ocorrem de forma intencional ou acidental no domicílio do proprietário do animal, ocorrendo manifestação aguda dos sinais clínicos.


Ligue imediatamente para o veterinário em caso de suspeita de intoxicação.
Atendimento veterinário de emergência

Tratamento

O tratamento da intoxicação por xilitol deve ser de suporte, ou seja, tratam-se as alterações ocasionadas pela hipoglicemia, como fluidoterapia e reposição de eletrólitos. Também é possível o uso de tratamento preventivo aos danos hepáticos, pelo uso de hepatoprotetores, como silimarina e ácido ursodesoxicólico e transfusão de plasma fresco congelado, principalmente quando há alterações na coagulação.

Na maioria das vezes em que há suspeita de insuficiência hepática secundária à ingestão de xilitol o animal já não apresenta mais hipoglicemia no momento em que é examinado. Além disso, um tratamento precoce e agressivo aos danos hepáticos, mesmo quando o animal está assintomático, pode prevenir a mortalidade devido à insuficiência hepática aguda (TODD; POWELL, 2007).


O que devo fazer se meu cachorro comer algo contendo xilitol?

Se você suspeitar que seu animal de estimação tenha comido um produto contendo xilitol, entre em contato com seu veterinário imediatamente.
Não induza o vômito nem dê nada oralmente ao seu cão, a menos que especificamente orientado pelo seu veterinário. É importante obter tratamento para o seu cão o mais rápido possível. Como alguns cães já podem estar hipoglicêmicos, induzir o vômito pode piorá-los!

Quais são os sintomas do envenenamento por xilitol?

Os sintomas do envenenamento por xilitol se desenvolvem rapidamente, geralmente dentro de 15 a 30 minutos após o consumo. Sinais de hipoglicemia podem incluir qualquer um ou todos os seguintes:

  • Vômito
  • Fraqueza
  • Falta de coordenação ou dificuldade em andar ou em pé
  • Depressão ou letargia
  • Tremores
  • Convulsões
  • Coma

Em casos graves, o cão pode desenvolver convulsões ou insuficiência hepática. Cães que desenvolvem insuficiência hepática por envenenamento por xilitol geralmente apresentam sinais de hipoglicemia.

Como tratar intoxicação em cães
Exame de imagem em cachorros – ultrassom

Como o envenenamento por xilitol é diagnosticado?

Um diagnóstico presuntivo de intoxicação por xilitol é feito se você souber ou suspeitar que o cão comeu algo contendo xilitol, e há sintomas de hipoglicemia. Uma vez que a toxicidade se desenvolve rapidamente, o veterinário não vai esperar por um diagnóstico confirmado antes de iniciar o tratamento.


Existe um antídoto para a toxicidade do xilitol?

Não. Não há antídoto para a toxicidade do xilitol, embora o tratamento com suplementação de açúcar, fluidos IV e medicamentos protetores do fígado sejam benéficos.

Exame de sangue veterinário
Exame de sangue em tratamento de intoxicação


Como o envenenamento por xilitol é tratado?

O tratamento rápido e agressivo do seu veterinário é essencial para efetivamente reverter qualquer efeito tóxico e prevenir o desenvolvimento de problemas graves.
Se o seu cão acabou de comer xilitol, mas ainda não desenvolveu nenhum sinal clínico, o seu veterinário pode induzir o vômito para evitar uma maior absorção, dependendo do nível de glicose no sangue do seu cão. Se os sinais clínicos se desenvolverem, o tratamento será baseado nos sintomas que estão sendo mostrados. Uma vez que a toxicidade do xilitol pode causar baixos níveis de glicose no sangue e baixos níveis de potássio, seu veterinário realizará exames de sangue para determinar se esses problemas precisam ser tratados. Em todos os casos, o seu cão necessitará de hospitalização para monitorização do açúcar no sangue, administração de dextrose, fluidos intravenosos, protetores do fígado e quaisquer outros cuidados de suporte que possam ser necessários. O trabalho de sangue deve ser monitorado com frequência para garantir que o açúcar no sangue e a função hepática permaneçam normais.


Qual é o prognóstico para a recuperação do envenenamento por xilitol?

O prognóstico é bom para cães que são tratados antes que os sinais clínicos se desenvolvam, ou para cães que desenvolvem hipoglicemia não complicada que é rapidamente revertida. Se ocorrer insuficiência hepática ou distúrbio hemorrágico, o prognóstico geralmente é ruim. Se o cão entra em coma, o prognóstico é muito ruim.

Alimentos comuns que são tóxicos em cães e os permitidos para cachorros
Alimentos comuns que são tóxicos em cães e os permitidos para cachorros

ALIMENTOS PROIBIDOS PARA CACHORROS E GATOS

  • Chocolate;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Bebidas com cafeína;
  • Uva, uva passa e frutas cristalizadas, macadâmia;
  • Alimentos açucarados;
  • Cebola e alho (este último proibido para gatos, cães podem comer pequenas quantidades);
  • Casca de abacate;
  • Ossos cozidos, fervidos ou esquentados;
  • Frutas com sementes;
  • Doces e comidas açucaradas com Xilitol;
  • Embutidos;
  • Espigas de milho.
Fonte:

Feed font

Xylitol Toxicity in Dogs

Paws Off Xylitol; It’s Dangerous for Dogs

ALIMENTOS TÓXICOS PARA CÃES E GATOS

BitCão Blog

Blog

Spray e Gel para higiene oral em pets

Os donos de animais estão se tornando cada vez mais conscientes de que precisam de boa higiene bucal para seus peludos. Às vezes, a doença periodontal pode causar sérios riscos à saúde do seu animal e dores imensas. Mas nem sempre é fácil usar a escova de dentes e a pasta de dentes para limpar adequadamente os dentes e a gengiva. Como resultado, o hálito de seu amigo peludo geralmente é menos do que fresco ficando difícil de ficar pertinho dele.

By In
Blog

Principais causas de mau hálito em seu cão

Principais causas de mau hálito em seu cão.
O que causa mau hálito no seu cão?

A principal causa de mau hálito em cães é a falta de higiene bucal ou uma doença periodontal. Poucas outras causas são um mau hábito alimentar, problemas renais e diabetes. Vamos entender essas causas uma a uma.

By In
Blog

O que é orgânico

O termo “Orgânico” é usado há muitos anos, mas muitas pessoas não sabem o que realmente significa orgânico e por que isso é importante. Se você estiver interessado em aprender mais sobre os benefícios de um estilo de vida orgânico, continue lendo esta postagem do blog enquanto mergulhamos no verdadeiro significado de orgânico.

By In
Blog

A posse de animais de estimação – especialmente cães – ajuda pacientes cardíacos a gerenciar seus fatores de risco

“Tem sido proposto que possuir um animal de estimação pode prevenir a obesidade, melhorar os perfis lipídicos e reduzir a pressão arterial sistêmica, reduzindo assim o risco de mortalidade e eventos cardiovasculares”, escreveram os autores em seu artigo. “Estudos anteriores mostraram que as pessoas que possuem um cão se envolvem em mais atividade física do que os não-proprietários”.

By In

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: