Blog

Obesidade em cães e gatos. Você é o que você come, e isso se aplica a eles também!

By In

Alimentação: É a decisão mais importante que você faz por eles em seu dia-a-dia. A vida do seu animal de estimação depende disso.
A obesidade é uma doença nutricional que é definida por um excesso de gordura corporal. Cães que são nutridos de forma inadequada, alimentam-se mal, não se exercitam, ou que têm uma tendência a ganhar peso, são os mais em risco de se tornarem obesos. A obesidade pode resultar em efeitos adversos graves para a saúde, como reduzir a vida útil, mesmo que seu cão seja apenas moderadamente obeso. Várias áreas do corpo são afetadas pelo excesso de gordura corporal, incluindo os ossos e articulações, os órgãos digestivos e os órgãos responsáveis pela capacidade respiratória.
A obesidade é comum em cães de todas as idades, mas geralmente ocorre em cães de meia-idade, e geralmente naqueles que estão entre as idades de 5 e 10.

Sintomas:
Ganho de pesoExcesso de gordura corporalA incapacidade (ou falta de vontade) de exercitar se.Uma pontuação acima do ideal em uma avaliação da condição corporal
Causas:
Existem várias causas de obesidade. É mais comumente causada por um desequilíbrio entre a ingestão de energia e seu uso – comer mais do que o cão pode possivelmente gastar. Obesidade também se torna mais comum na velhice por causa da diminuição normal na capacidade de um cão se exercitar. Hábitos alimentares, tais como alimentos de alto teor calórico, não apropriados para animais, também pode trazer esta condição.

A Obesidade continua sendo a maior ameaça à saúde para animais de estimação.
Em 2016, 54 % dos cães dos E.U.A., ou aproximadamente 42 milhões estavam acima do peso saudável. Cães com sobrepeso = 34% do total; Os cães obesos constituíam os 20% restantes. A notícia é ainda pior para os gatos dos EUA, com 28 % de sobrepeso e 31% obesos, para um total de 59 % ou 51 milhões de gatinhos.
Sobrepeso e obesidade em animais de estimação é uma doença primária mas é a causa raiz de muitas outras doenças – exemplos:
ArtriteDiabetesHipertensãoHipotireoidismoOsteoartriteResistência à Insulina e Diabetes Tipo 2Doença cardíaca e respiratóriaLesão do ligamento cruzado cranialDoença renalMuitas Formas de CâncerDiminuição da expectativa de vida (até 2,5 anos)
Muitos pais de animais de estimação não estão atentos que seu cão ou gato estão acima do peso, outro sabem mas não estão interessados ou não parecem dar a devida importância e assim estão comprometendo a saúde do animal.
É importante compreender as consequências de deixar seu cão ou gato engordar. Acho difícil acreditar que a maioria dos pais de animais de estimação continuariam a sobrealimentar seus animais se percebessem que estavam destruindo a saúde deles, mas acontece. – Afirma o veterinário Dr. Ernie Ward, fundador da Associação para a prevenção da obesidade animal de estimação APOP.
"A obesidade é uma doença que mata milhões de animais de estimação prematuramente, cria dor e sofrimento imensuráveis e custa aos donos de animais dezenas de milhões de dólares em custos médicos evitáveis".
"A decisão mais importante que um dono de animal de estimação faz a cada dia é o que eles escolhem para alimentar. Escolha sabiamente. A vida do seu animal de estimação depende disso".
Ele acredita que a guerra contra a criação de cães e gatos com sobrepeso é algo que os pais e veterinários precisam vencer.
A obesidade é uma condição médica totalmente prevenível, e é de responsabilidade dos donos de animais – com o apoio de seu veterinário – manter seu cão ou gato em um peso saudável através de nutrição adequada à espécie e atividade física.
‘’Temos proprietários que não percebem que seu animal de estimação é muito pesado ou não estão preocupados o suficiente para fazer algo sobre isso’’. “ Temos cerca de metade dos veterinários no país, que nem mesmo levantam o assunto com os proprietários de animais com sobrepeso”. afirma Dr. Ward.

O melhor alimento para cães e gatos em qualquer peso:
Se o seu animal de estimação precisa perder alguns quilos, ou mesmo para manter-se em peso saudável, o melhor alimento que você pode oferecer é uma dieta nutricionalmente equilibrada caseira, cru ou cozida.
Se você não tiver disponibilidade de tempo para produzir as refeições do seu animal de estimação em casa, a recomendação é uma dieta de alimentos crus equilibrada já comercialmente disponível. É importante o acompanhamento veterinario.
PETISCOS SAUDÁVEIS:
Os petiscos são permitidos, desde que a quantidade seja controlada e o animal não tenha alguma contraindicação. No geral, para animais saudáveis e com peso normal, pode oferecer petiscos com baixo teor de gordura e vegetais (mas nem todos são indicados para cães e gatos).

Necessidades calóricas diárias para animais de estimação -tamanho médio:

A obesidade pode ser fatal para os pets. Por isso é de extrema importância consultar um veterinário periodicamente. Ele poderá dizer qual é a alimentação adequada. Além disso, exames laboratoriais serão feitos para diagnosticar possíveis doenças.

UMA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO E DEDICAÇÃO!
Com apenas 5 anos de idade, Obie um Dachshund estava em sérios problemas. O cão obeso era conhecido como o "cão mais gordo do mundo" e algo tinha que mudar.
A má alimentação de Obie chegou a uma parada brusca. Seu problema de peso decorreu de proprietários idosos e com a saúde falha e o fato de que eles amavam dar comida a Obie.
Obie foi adotado por Nora Vanatta, uma veterinária técnica certificada com diploma em ciência animal. Vanatta fez seu objetivo imediato ajudar Obie a emagrecer.
Nora se comprometeu a deixar seu cão saudável e até mesmo criou uma página no Facebook para documentar a perda de peso do cão .
Com uma dieta saudável, exercício e agora os fãs que torcem por ele, não havia nenhuma maneira de Obie falhar!
Obie eventualmente perdeu quase 50 quilos sem qualquer suplementos prejudiciais, drogas ou operações. Após sua dramática perda de peso, Obie fez uma abdominoplastia para se livrar de todo o seu excesso de pele. Hoje ele é um cão novo, com um novo contrato de vida!

Blog

Spray e Gel para higiene oral em pets

Os donos de animais estão se tornando cada vez mais conscientes de que precisam de boa higiene bucal para seus peludos. Às vezes, a doença periodontal pode causar sérios riscos à saúde do seu animal e dores imensas. Mas nem sempre é fácil usar a escova de dentes e a pasta de dentes para limpar adequadamente os dentes e a gengiva. Como resultado, o hálito de seu amigo peludo geralmente é menos do que fresco ficando difícil de ficar pertinho dele.

By In
Blog

Principais causas de mau hálito em seu cão

Principais causas de mau hálito em seu cão.
O que causa mau hálito no seu cão?

A principal causa de mau hálito em cães é a falta de higiene bucal ou uma doença periodontal. Poucas outras causas são um mau hábito alimentar, problemas renais e diabetes. Vamos entender essas causas uma a uma.

By In
Blog

O que é orgânico

O termo “Orgânico” é usado há muitos anos, mas muitas pessoas não sabem o que realmente significa orgânico e por que isso é importante. Se você estiver interessado em aprender mais sobre os benefícios de um estilo de vida orgânico, continue lendo esta postagem do blog enquanto mergulhamos no verdadeiro significado de orgânico.

By In
Blog

A posse de animais de estimação – especialmente cães – ajuda pacientes cardíacos a gerenciar seus fatores de risco

“Tem sido proposto que possuir um animal de estimação pode prevenir a obesidade, melhorar os perfis lipídicos e reduzir a pressão arterial sistêmica, reduzindo assim o risco de mortalidade e eventos cardiovasculares”, escreveram os autores em seu artigo. “Estudos anteriores mostraram que as pessoas que possuem um cão se envolvem em mais atividade física do que os não-proprietários”.

By In

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: