Blog

22 benefícios que um cachorro traz para saúde humana [Infográfico]

By In
Ter um cachorro é divertido, dá trabalho e tem momentos de altos e baixos. Mas você sabia que nossos amigões cachorros trazem vários benefícios para a nossa saúde, tanto mental quanto física?
Confira uma lista com 22 benefícios que a companhia de um cachorro pode nos oferecer!

Melhora seu humor
Cachorros reduzem ansiedade, amenizando o estresse. Também ajudam seu corpo a diminuir o cortisol (química que piora o humor) e a liberar serotonina (química que melhora seu humor).
Menos alergias
Estudos mostram que crianças que crescem em lares com cachorros tendem a desenvolver menos alergias.
Melhor saúde cardíaca
Donos de cachorros possuem melhores níveis de recuperação de ataques cardíacos e taxas menores de mortalidade por doença cardíaca.
Contribui para diminuir a pressão sanguínea
Cachorros reduzem a ansiedade, amenizando o estresse. Também ajudam seu corpo a reduzir os níveis de cortisol (química que piora o humor) e a liberar serotonina (química que melhora seu humor).
Pesquisas comprovaram que a presença de um cachorro pode reduzir de forma significativa a pressão arterial do seu proprietário.
Mantém você em atividade
Um cachorro precisa caminhar, certo? Donos de cachorro, de forma geral, tendem a sair e se exercitar mais do que quem não possui um cachorro. Apenas 30 minutos de caminhada diminui o risco de muitas doenças.
Ajuda a baixar o colesterol
Donos de cachorros tendem a apresentar níveis mais baixos de colesterol e triglicerídios (alguns pesquisadores acreditam que é em função de serem mais ativos).
Ter um cão luta combate a depressão
Cuidar de um bicho de estimação libera serotonina e dopamina, que ajudam a combater a depressão. Além disso, eles são muito bons em ouvir você.
Eles podem ser profissionais da terapia
Vários conselheiros usam cachorros em terapias, e há várias instituições que oferecem cães para ajudar pessoas com vários tipos de deficiência.
Parceiros na pesquisa contra o câncer
Há pesquisas sendo feitas para o tratamento de humanos e cachorros. Como cão podem ter os mesmos tipos de câncer que os humanos, a pesquisa beneficias a todos!
Senso de comunidade
Donos de cães adoram falar uns com os outros, e cães são ótimos para “quebrar o gelo”. Eles podem, inclusive, ajudar você a conseguir um ou dois encontros! É ótimo para pessoas tímidas ou isoladas.
Donos de cães possuem ossos mais fortes
Caminhar com o cão é uma atividade de levantamento de peso leve, que ajuda a fortalecer as juntas e os músculos.
Melhoram sua vida de encontros
Há grandes comunidades de encontros, online e offline, especificamente pensadas para unir donos de cães que estão a procura de outros donos de cães,
Ajudam pessoas com déficit de atenção a focar
Cães podem ajudam quem sofre de déficit de atenção a planejar, focar, aliviar o estresse, exercitar-se, liberar o excessi de energia, e até mesmo a dormir.
Bons ouvintes para a afasia
Afasia, um problema de comunicação, geralmente torna falar uma atividade difícil. Cães podem ser treinados para entender uma variedade de comandos, aumentando a condiança do paciente, quando o cachorro o entende.
Estímulo sensorial para crianças autistas
Um cão amigável e amoroso pode ajudar uma criança autista se acostumar a sentir as coisas através do contato com sua pele. Eles também podem dar-lhes algo seguro para focar em ambientes opressivos.
Fonte de aquecimento pessoal
Se seu cão adora ficar por perto, você pode utilizá-lo como uma fonte de calor pessoal. Em muitos locais, cães ajudam a fornecer alívio para dores crônicas com a temperatura natural do seu corpo.
Ajuda para a artrite
Pessoas com artrite podem se beneficiar de exercícios leves, como jogar um Frisbee com o cão. Também é uma ótima distração para se divertir.
Pode detectar câncer
Cães podem ser treinados para cheirar o câncer da mesma forma que eles podem ser treinados para detectar drogas. Um cachorro chamado Panda identificou corretamente 33 de 38 casos de câncer.
Fortalece o sistema imunológico
Estudos também mostram que crianças criadas em torno de cães possuem níveis mais altos de alguns componentes químicos essenciais para o sistema imunológico, tornando-o mais forte. Veja quais são as melhores raças para crianças aqui.
Alertam sobre convulsões
Cães também podem ser treinados para latir se seus donos está tendo uma convulsão, outros são treinados para aproximar-se do dono para protege-lo de se machucar.
Acalma você
Um estudo mostrou que pacientes com AIDS tendem a ficar significativamente menos deprimidos quando interagem regularmente com um cão.
Compartilhe o infográfico com seus amigos!
Blog

Spray e Gel para higiene oral em pets

Os donos de animais estão se tornando cada vez mais conscientes de que precisam de boa higiene bucal para seus peludos. Às vezes, a doença periodontal pode causar sérios riscos à saúde do seu animal e dores imensas. Mas nem sempre é fácil usar a escova de dentes e a pasta de dentes para limpar adequadamente os dentes e a gengiva. Como resultado, o hálito de seu amigo peludo geralmente é menos do que fresco ficando difícil de ficar pertinho dele.

By In
Blog

Principais causas de mau hálito em seu cão

Principais causas de mau hálito em seu cão.
O que causa mau hálito no seu cão?

A principal causa de mau hálito em cães é a falta de higiene bucal ou uma doença periodontal. Poucas outras causas são um mau hábito alimentar, problemas renais e diabetes. Vamos entender essas causas uma a uma.

By In
Blog

O que é orgânico

O termo “Orgânico” é usado há muitos anos, mas muitas pessoas não sabem o que realmente significa orgânico e por que isso é importante. Se você estiver interessado em aprender mais sobre os benefícios de um estilo de vida orgânico, continue lendo esta postagem do blog enquanto mergulhamos no verdadeiro significado de orgânico.

By In
Blog

A posse de animais de estimação – especialmente cães – ajuda pacientes cardíacos a gerenciar seus fatores de risco

“Tem sido proposto que possuir um animal de estimação pode prevenir a obesidade, melhorar os perfis lipídicos e reduzir a pressão arterial sistêmica, reduzindo assim o risco de mortalidade e eventos cardiovasculares”, escreveram os autores em seu artigo. “Estudos anteriores mostraram que as pessoas que possuem um cão se envolvem em mais atividade física do que os não-proprietários”.

By In

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: